Office Grátis

3 excelentes alternativas grátis ao Microsoft Office

O Microsoft Office é um dos sistemas mais populares do mundo. Mesmo seus concorrentes, gratuitos ou não, alinharam-se com o tempo ao tipo de ferramentas, funcionalidades e mesmo ao visual que o Office oferece. Entretanto, muitos ainda o consideram caro. A verdade é que, atualmente, o Office funciona de forma razoavelmente simples: basta assinar o suite do Office 365, que na verdade não é tão caro, mas exige pagamentos mensais. Todos, então, perguntam-se: há alternativas grátis ao Microsoft Office?

Contudo, muitos querem de graça – e é para essas pessoas que separamos aqui três dos suites similares ao Office que não custarão nada. Há pormenores que tornam o Microsoft Office uma ferramenta mais completa, mas para aqueles que visam ao básico, essas três dão jeito imenso.

Alternativas grátis ao Microsoft Office – Google Docs

Usar o Google Drive e o Google Docs é uma alternativa realmente viável ao Office. Em seu começo, o Google Docs possuía problemas imensos de compatibilidade, mas que parecem ter sido em grande parte resolvidos recentemente. Em relação às planilhas de cálculo e ao processamento de textos, o Google Docs funciona tão bem quanto o Word ou o Excel, e ainda ganha em termos de simplicidade.

Alguns recursos mais avançados não estão ali, mas convenhamos: quantos de nós os utilizam?

O sistema de edição e criação de apresentações do Google Docs fica muito aquém do Powerpoint. Mas, novamente, apenas quem realmente utiliza ferramentas avançadas do programa dará pela falta. O ponto alto do Google Docs é o sistema de formulários – algo utilíssimo para empresas e, principalmente, para quem lida com marketing. A criação e gestão de formulários, mais sua integração com as planilhas do próprio Google Docs tornam essa ferramenta algo que vale a pena usar – mesmo que você já tenha o Microsoft Office.

Posso usar offline?

Essa é uma pergunta relevante. A verdade é que sim, até poderá fazê-lo. Ao abrir o sistema do Google Docs, basta clicar no botão do menu à esquerda e selecionar a opção “Definições”. Um pop-up abrirá, onde há a opção de editar ficheiros offline. De qualquer maneira, parece um pouco complexo e trabalhoso.


Alternativas grátis ao Microsoft Office – LibreOffice

Uma das alternativas gratuitas mais antigas ao Microsoft Office, o LibreOffice atualmente é quase 100% compatível com ficheiros e formatos do programa da Microsoft. Quase…

De qualquer modo, os programas do LibreOffice funcionam bem e possuem todas as ferramentas mais básicas. É um suite bem mais leve que o Microsoft Office. Entretanto, além da falta de ferramentas mais avançadas, o LibreOffice possui aquela “coisa” de software gratuito – sua plataforma é simplória, antiquada e muitas vezes difícil de lidar.

Para quem realmente quer economizar e não se saiu bem com o Google Docs, talvez o LibreOffice seja uma opção viável. Entretanto, o que mostraremos a seguir talvez agrade melhor…


Alternativas grátis ao Microsoft Office – LibreOffice

Agora sim – uma ferramenta tão funcional quanto o Microsoft Office, multiplataforma, com ferramentas imensas e visual moderno. O WPS Office, em alguns aspetos, chega a superar o Office. Rápido, leve, fácil de usar e bonito. Há sim uma versão premium, mas ao contrário de outros sistemas, usuários da versão gratuita não são obrigados a conviver com funcionalidades ridiculamente básicas. Além disso, a assinatura anual da versão paga é menos de 30 dólares.

WPS Office

WPS Office

As barras de topo do WPS Office já mostram o quanto o software está em linha com as últimas mudanças visuais do Office. O número de ferramentas também não dececiona e, além disso, a versão paga possui funcionalidades que o Office não possui – como conversões de PDF a Word, por exemplo.