6 alternativas mais modernas e eficientes ao Moodle

moodle

O Moodle é um dos sistemas de LMS – para gestão de cursos e formações online – mais utilizados do mundo. Seu principal apelo? O fato de ser, em tese, gratuito e open source. Contudo, quem já trabalha ou trabalhou com o sistema sabe que o “low cost” nesse caso é apenas um ilusão.

O uso de um LMS é uma alternativa interessante e “definitiva”, mas o barato pode sair caro e geralmente isso exige equipes ou prestadores de serviços que dominem e mantenham tais ferramentas. Em termos de alternativas para o Moodle, considerámos de forma realista duas categorias delas: plugins ou add-ons para WordPress e plataformas na nuvem.



WordPress como alternativa ao Moodle

O WordPress, alguns argumentarão, não é a “ferramenta certa” para criar cursos e formações online. Bem, quem pensa que o WordPress hoje ainda é uma plataforma apenas para criar blogs e sites simples está redondamente enganado. Trata-se do sistema livre e open source para criação de sites e aplicações mais usado no mundo, com o maior número de plugins e add-ons e total versatilidade em termos de customização. Aliás, como é totalmente customizável, já sai à frente do Moodle.

Quem já desenvolveu em Moodle sabe que a customização é difícil, demorada e cara. Poucos mexem com a plataforma e, por sua estrutura, acaba permitindo muito poucas alterações. Talvez haja por aí uma dúzia de temas capazes de deixar o Moodle um pouco mais bonito, porém a estrutura e o jeito da ferramenta permanece igual. Quando queremos cobrar por cursos então, o inferno está declarado – integrar o Moodle com gateways é um pesadelo.

Dentre o imenso número de plugins de LMS para WordPress, três destacam-se de forma excecional:

Learndash

Não é barato – custa a partir de US$ 159 para um único site. Entretanto, além do pagamento ser feito uma única vez, o Learndash não impõe limitações para o número de cursos ou alunos registados. As ferramentas são rápidas, fáceis de usar e proporcionam um controlo dos estudantes, notas, avaliações e mesmo de cobranças e pagamentos sem grandes problemas. Ao optar por planos mais avançados, o plugin ainda oferece um painel de gestão que coloca quaisquer ferramentas de administração do Moodle no passado.

Alternativas ao Moodle

Learndash – versões e planos mais avançados oferecem um painel de controlo para gestores completo.

Learnpress

O Learnpress, ao contrário de outros bons plugins de LMS para WordPress, pode ser usado gratuitamente. A apresentação é, na verdade, bastante parecida com a lógica do Moodle. Entretanto, além de mais customizável, possui também uma série de add-ons que, embora pagos, podem incrementar as possibilidades. Para efeitos de teste em um ambiente WordPress, o Learnpress é uma boa alternativa. Pode-se começar gratuitamente e equipar seu e-learning posteriormente, com add-ons que permitam gestão melhor, atividades diferenciadas e cobrança direta de alunos através da mesma ferramenta.

LifterLMS

Também custará um pouco, porém o LifterLMS é a mais completa e poderosa ferramenta de LMS para WordPress. Sistemas de cobrança e pagamento com todas as variáveis, possibilidades de venda de assinaturas, questões e avaliações multimédia, certificações e outros. Há muito o que explorar e as possibilidades de customização e branding são infinitas. Há temas, inclusive, já equipados com o LifterLMS, o que poupa mais trabalho.

O ponto negativo desta ferramenta tem a ver com sua própria complexidade – como dispõe de praticamente todos os recursos que são esperados de um LMS, é difícil de aprender e dominar.

Sistemas online como alternativa ao Moodle

Sistemas e plataformas na nuvem podem facilmente substituir o Moodle. Além da modernidade dessas ferramentas, que já contam com toda a estrutura para publicação, gestão e venda de cursos online, há a questão dos custos. Paga-se sim assinaturas mensais na maioria dos casos, porém poupa-se com alojamento e também com suporte e serviços informáticos.

Geenio

Plataforma nova e totalmente na nuvem. Oferece um editor simples e rápido e contém um visual bastante inovador. O Geenio possui plano gratuito, o que viabiliza testes, e alguns outros pacotes com pagamento mensal que permitem maior customização e inclusive o uso de domínio próprio. As limitações ocorrem em relação ao idioma, ainda não ajustado ao português, embora possa ser realizada a customização através da API do sistema. Além disso, possui ferramentas apenas para aceite de pagamentos realizados em cartão de crédito.

Litmos

Mais avançado e com muito mais recursos, o Litmos possui suporte ao português e ferramentas muito mais abrangentes. O ponto alto do Litmos está em sua imensa possibilidade de integração. A plataforma opera na nuvem, porém pode ser integrada a sites em WordPress, Shopify, ferramentas de gestão e CRM diversas, aplicações como Dropbox e muito mais. Essas integrações permitem que sejam configurados quaisquer perfis de cobrança ou assinatura para cursos e formações.

O preço não é barato e varia de acordo com o número de usuários ou alunos que sejam adicionados. O suporte em inglês, no entanto, é impecável. Para formações mais robustas pode ser uma excelente alternativa.

Easy LMS

Em termos de facilidade, recursos e também suporte, essa é nossa escolha. O sistema do EasyLMS é realmente fácil de usar e os custos são bastante razoáveis. Por US$ 99 ao mês, por exemplo, é possível usufruir de todos os recursos, customização e personalização completa e abrigar até 25 mil alunos em cursos e formações ilimitados. As integrações de marketing e acesso à API da plataforma possibilitam também a configuração de ferramentas de cobrança e assinatura de forma fácil.

Em relação ao ambiente de e-learning, o EasyLMS não possui tantas ferramentas e recursos quanto outras plataformas, porém a edição do material é rápida e muito intuitiva. Em relação a sistemas que exigem o trabalho de informáticos, o EasyLMS oferece vantagens imensas e torna possível a gestão de sistemas de e-learning mesmo por aqueles que não possuem qualquer conhecimento de programação.